Category: Esporte


Por Viviane Lara

Confira abaixo o vídeo produzido pela acadêmica de jornalismo da Unicruz Viviane Lara sobre os reflexos da derrota do Internacional Futebol Clube na disputa pelo Mundial em Dubhai nessa terça-feira, 14/12.

Por Mauren Sauer

O Brasil tem pouco mais de cinco anos para preparar a realização de sua segunda Copa do Mundo de futebol. A primeira, em 1950, teve partidas disputadas em seis cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba e Recife. Desta vez, o número vai dobrar: 12 cidades vão receber o mundial e, para isso, precisam correr contra o tempo. Porto Alegre e o Estado do Rio Grande do Sul vão mais longe e já planejam o ano de 2014, quando acontecerá o maior evento do futebol mundial, no Brasil.

O secretário Mateus Bandeira afirma que o RS terá vantagens antes, durante e depois da Copa. Além disso, as cidades terão de melhorar a infraestrutura para receber as seleções e torcedores estrangeiros. Com o Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) da Copa (programa com recursos da União) haverá investimentos para as obras de infraestrutura, conforme os projetos do Estado e prefeitura, como, por exemplo, melhorias na mobilidade urbana, duplicação de avenidas, construção de metrô (ainda não definido) e uma nova ponte sobre o Guaíba. As reformas ou construções dos estádios devem começar no máximo até o dia 31 de janeiro de 2010.

Foi uma verdadeira festa para quase todos os brasileiros, ainda mais no Brasil, conhecido como o país do futebol. Com certeza vai ser um grande ganho para o nosso país, pois através disto levará e divulgará a cultura brasileira para muitos outros países, por que o mundo inteiro volta seus olhares para o país da Copa. Mas… será que estamos preparados para tudo isto?

*Fonte: Site: http://www.copa2014.com.br

Em busca de mais um Mundial

Por Daniela Lisboa

Torcida quer repetir conquista de 2006

A disputa do Mundial em Abu Dhabi deixa a torcida colorada cada vez mais ansiosa. Agora faltam apenas seis dias para o Inter embarcar rumo aos Emirados Árabes para lutar pelo bicampeonato. A estreia do time na importante competição será no dia 14, diante do Pachuca, do México, ou Mazembe, do Congo, que se enfrentam nas quartas de final no dia 10.

 

Mas antes de viajar rumo ao Oriente Médio, o Inter tem um compromisso pelo Brasileirão contra o já rebaixado Grêmio Prudente. O jogo, marcado inicialmente para o próximo domingo, dia 5 de dezembro, foi antecipado para esta quinta-feira, 2 de dezembro pela CBF justamente para otimizar a preparação colorada para o grande desafio em solo árabe.

 

O confronto no Estádio Eduardo José Farah, também conhecido como Prudentão, será mais uma boa oportunidade para o técnico Celso Roth fazer as últimas observações na equipe, além de garantir o ritmo de jogo necessário para a estreia.

 

Após 37 rodadas, o time colorado ocupa a oitava posição na tabela de classificação, com 55 pontos. A vaga na Libertadores de 2011 já está assegurada, uma vez que o Inter é o atual campeão da América. O Grêmio Prudente é o último colocado, com 28, e disputará a Série B na próxima temporada.

 


Por Ivana Dalmás

O governo e o Comitê Olímpico Brasileiro -COB, mostraram o Rio de Janeiro para o mundo e fizeram uma linda campanha para conseguir ser sede, porém não adiantará se os verdadeiros astros estão sem investimentos e muitos deles pararem. O presidente do Comitê Organizador Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, destacou a necessidade de recursos e investimentos no esporte olímpico do país. Ele citou valores investidos por outros países durante a preparação para os Jogos de Pequim, até 10 vezes maiores do que o montante nacional. Esse investimento deverá ser atrelado às pretensões nos Jogos da cidade e também para o futuro, revela o presidente. Nuzman comentou a carência de infra-estrutura esportiva no Brasil e a falta de técnicos.

A falta de investimento até mesmo em estrutura e no esporte amador preocupa federações estaduais. Em Alagoas, por exemplo, projetos e leis de incentivo deveriam ser criados para os atletas treinar desde cedo e participar de campeonatos para atingirem um alto nível. Além disso, o diretor técnico da Confederação Brasileira de Triátlon, Marco La Porta, destaca a importância de atletas terem condições de treinamento em seus estados de origem contribuindo para o crescimento nacional da modalidade. “O esporte não vive sem ídolos. Se cada estado revelar dois ou três jovens atletas ao ano, teremos mais de 60 jovens competindo em alto nível”.

Daniele Hypólito reclamou no twitter a falta de apoio dos patrocinadores. A ginasta se disse triste com a falta de incentivo, desde julho ela não tem mais o patrocínio de um banco, e recebe salário pago pelo Flamengo e pela Confederação Brasileira de Ginástica (CBG). “O que você acha de 2016? Se não estão investindo agora nos atletas, se não estão olhando para 2012, que é daqui dois anos, imagina como será 2016…”, diz a atleta. Daniele revela estar intranqüila e lamenta os anos de história e vitórias que podem não contar, mas admite não desistir.

Por Ivana Dalmás

Diferente do que esperavam os colorados no último jogo, o Internacional venceu o Botafogo por 2×1. A questão era que se o Inter ganhasse o jogo, deixaria o Grêmio na sua posição atual, no 4º lugar da tabela do Brasileirão e, se assim se manter conseguirá a classificação para a Libertadores de 2011.

Os colorados expressaram sua vontade através de cartazes durante jogo, pedindo ao Internacional que entregasse o jogo, deixando o Grêmio cair uma posição e colocando o Botafago na atual posição do time gremista.

Andrezinho e Rafael Sobis foram os responsáveis pela vitória colorada. Celso Roth, técnico do time, revela grande satisfação pela vitória do Inter, que foi almejada pelos jogadores reservas. Roth agradeceu o desempenho dos atletas e os parabenizou.

Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, admitiu que estava torcendo a favor do seu maior rival: “Torci, sim. Torci para o Internacional”. Apesar da vitória colorada, a classificação para o G-4 só depende do tricolor. Nos próximos jogos o time deve vencer o Guarani e o Botafogo para garantir definitivamente a posição na libertadores.

Time goleou o Ceará e subiu três posições. Grêmio agora é 6º colocado com 53 pontos
Por Leandro Lui

O que era um sonho distante voltou a ficar mais fácil. O time do Grêmio entrou em campo no Olímpico sábado em nono lugar distante quatro pontos do Botafogo e empatado em pontos com São Paulo, Atlético Paranaense — também aspirantes á uma vaga no G4 — e saiu dela a dois pontos do Botafogo . Após o jogo, durante a entrevista coletiva, o técnico Renato disse que “com mais dez rodadas o Grêmio seria campeão”.

Os 53 pontos do Grêmio são idênticos aos do Atlético-PR, 5º colocado pelo maior número de vitórias (15 a 14). Logo adiante, fechando a lista dos quatro classificados à Taça Libertadores 2011, está o Botafogo, com 55 pontos. Mas, para este grupo ter validade, a Copa Sul-Americana não pode ser vencida por um clube brasileiro.

A goleada por 5 a 1 diante do Ceará, além de consolidar o time na parte superior da tabela serviu para afirmar a relação entre time e torcida. Os quase 21 mil espectadores que foram ao Olímpico sábado viram um time coeso, entrosado, com garra e técnica.

Os gols foram marcados por André Lima duas vezes. Jonas que chegou a 21 gols marcados isolou-se ainda mais na artilharia; Douglas de falta com uma ajuda do goleiro Michel Alves do Ceará que errou no tempo da bola. O capitão Rochenback também de falta fez o seu. Para os cearenses descontou o veterano Magno Alves.

Faltando quatro rodadas, o Grêmio ainda recebe no Estádio Olímpico as duas equipes que o separam do G-4. O Atlético-PR vai a Porto Alegre em 21 de novembro, e o Botafogo no encerramento do Brasileirão, dia 05 de dezembro.

Por Lucas Padilha

Revelação no atletismo brasileiro, Lutimar Paes já está com índice pré-olímpico.

A esperança de medalha olímpica para o Brasil está nas mãos de um cruz-altense – aliás, nos pés. O atleta Lutimar Paes tem 21 anos e tem grandes chances de disputar os jogos olímpicos de Londres. Natural daqui, o jovem foi descoberto ainda no ensino fundamental, quando vencia as corridas apostadas com seus amigos mais velhos no campo do Bairro do Sol. O professor de educação física Edi Barbosa acompanhava com atenção as passadas de Lutimar e resolveu apostar na promessa. “Naquela época já era visível o potencial de Lutimar. Ele é uma referência para o esporte nacional e um grande orgulho para Cruz Alta. Ele está muito perto de obter o índice olímpico”, destaca Edi.
A revelação do atletismo nacional se tornou especialista nos 800 metros quando ingressou na equipe Esporte Clube Pinheiros, de São Paulo. E já coleciona títulos internacionais: ganhou competições disputadas na América do Sul e na Europa. Uma das marcas mais importantes foi obtida no campeonato sul-americano de Medellin, na Colômbia. Lutimar ganhou a medalha de prata, mas saiu vitorioso quando atingiu o índice pré-olímpico.
Caso o cruz-altense mantenha a posição alcançada, está assegurado nos jogos pan-americanos do ano que vem. A competição será realizada em Guadalajara, no México. E segundo Lutimar, o anseio só não é maior do que a felicidade de ver seu sonho ser realizado. “Venho treinando há muito tempo para chegar até aqui. Tenho que tomar cuidados com alimentação e com o condicionamento físico. Mas vale a pena abrir mão de algumas coisas”, afirma Lutimar, que aproveita para deixar um recado para os jovens que desejam participar de competições pelo mundo: “Fiquem longe das drogas. É caminho sem volta e não leva a lugar nenhum”, finaliza.

Por Abel Ellwanger

O dia 12 de outubro, dia da criança foi data Da 13ª edição dos Jogos da Primavera, realizado pela AABB de Cruz Alta com o patrocínio da Federação Nacional das AABBs e do Seguro Ouro-Vida do Banco do Brasil (que repassa verbas para eventos da federação). Segundo o organizador Rogério Schussler, o evento contou com a participação de vários atletas e amadores da cidade, divididos em oito equipes que disputaram a modalidade da Bocha, e outras oito o Futsal.

A integração entre os sócios, atletas e a comunidade foi o principal foco dessa edição, bem como a divulgação e incentivo ao esporte e lazer. Divididos entre seus gostos, o público presente prestigiou e torceu pelas equipes participantes. Com essa proposta a premiação para os campeões era troféu e medalha. E o segundo lugar levava para casa apenas a medalha.

As competições se estenderam desde as nove horas da manhã até às 22h30 do mesmo dia. Na bocha o campeão ainda não foi decidido, duas equipes decidirão na próxima quarta-feira (20) quem leva o troféu de 1º lugar nesta edição. Já no futsal a equipe do Posto Porto Seco levou a melhor, venceu o Arranca em uma partida emocionante que só foi decidida nos penaltis. Porto Seco 4 x 3 Arranca.