Category: Saúde


Curta o Verão com Saúde

Por Ivana Dalmás

O verão chegou e junto dele devemos tomar alguns cuidados especiais, principalmente na alimentação. Nesta estação as temperaturas se elevam e muitas mudanças ocorrem no nosso meio. E para que estas mudanças não alterem nosso metabolismo precisamos ficar atentos à hidratação do corpo e a uma correta alimentação.

Nutricionista Yanna Peuckert

A nutricionista Yanna Peuckert traz algumas orientações que devem ser seguidas para evitar essas mudanças.

 

Os alimentos que devemos dar ênfase no verão são as frutas e verduras, pois além de serem ótimas fontes de vitaminas, minerais e fibras, ajudam a refrescar e proporcionam um lindo bronzeado”.

Frutas na alimentação são recomendação

No verão os alimentos gordurosos, como maionese, molhos prontos, precisam ser evitados, pois além de não fazer bem nas altas temperaturas, há uma grande chance de causar patologias. Sempre dando preferência aos molhos que têm a base de iogurte, explica a nutricionista.

 

Para os carnívoros de plantão, as carnes magras são as mais indicadas para esta época. Elas são digeridas facilmente, além de mais saudáveis evitam desconforto. A nutricionista alerta para a maneira de preparo das carnes, que devem ser cozidas, grelhadas e assadas. Deixando sempre de lado frituras que além de não combinar com a estação, são altamente calóricas.

A dica para os que não abrem mão do doce é optar por frutas ou doces à base delas, como: sorvetes, picolés, compotas geladas, mousses, todos os tipos de frutas, que além de refrescar e não serem tão calóricas, são fontes de vitaminas.

Alimentos com betacaroteno

Alimentos ricos em vitamina A e C ajudam no bronzeado, dando uma cor mais bonita e duradoura. A nutricionista cita os principais: “Alimentos como abóbora, batata-doce, beterraba, cenoura, mamão, manga, agrião, brócolis, couve, espinafre e repolho, são os mais indicados para quem quer obter um ótimo bronzeado”. Além disso, os legumes, frutas e verduras de cor alaranjada ou verde-escuro são ricos em betacaroteno A especialista explica que esses alimentos ajudam na formação de melanina, o pigmento presente na pele para proteção e promoção de um bronzeado duradouro e saudável. “O alimento campeão sem dúvidas é a cenoura.”, revela.

 

Outro cuidado que devemos tomar no verão é com a hidratação do corpo. Em geral deve ser consumido no mínimo 1,5 litros de água ao dia. “Sucos naturais, chá gelado também são ótimas fontes de nutrientes e ajudam a hidratar”, explica Yanna.

Anúncios

Procuram-se Doadores de Sangue

Baixo índice de voluntários preocupa Hemocentro de Cruz Alta

Lucas Padilha

Um ato de solidariedade que pode salvar vidas. O Hemocentro de Cruz Alta está na busca constante de doadores de sangue, mas ultimamente a clínica tem recebido um número baixo de voluntários. Para manter o estoque em alta, seriam necessárias 20 doações diárias. Porém, essa meta não está sendo alcançada: o número de doadores não passa de oito pessoas por dia.

Mensalmente, são utilizadas 350 bolsas de sangue em procedimentos médicos. O preocupante é que o Hemocentro de Cruz Alta é responsável por abastecer clínicas e hospitais de 30 municípios da região. Por isso o Hemocentro faz inúmeras campanhas para atrair os cruz-altenses. E com as festas de final de ano, a entidade faz um apelo. “A maioria das doações que recebemos serve apenas para a reposição do estoque, nosso fluxo de voluntários está abaixo da média. Pedimos sempre para que os doadores contribuam antes de viajar nas férias, pois nesta época do ano são registrados muitos acidentes e o Hemocentro é acionado com mais freqüência”, destaca o enfermeiro Luciano Cerquivitio.

Felizmente, há um crescimento no número de voluntários. Anderson Marques tem 19 anos e compareceu no Hemocentro para doar sangue pela primeira vez. “Um dia eu posso precisar, assim como a minha família. Então nada mais justo que eu fazer a minha parte”, comenta o estudante.

Requisitos básicos para quem deseja ser um doador:
– Ter entre 18 e 60 anos;
– Ser saudável;
– Pesar mais que 50kg;
– Estar alimentado antes da doação.

O Hemocentro é aberto de segunda à sexta-feira, das 7h às 13hs.

Caminhar faz bem e alimenta o corpo

Por Isabeli Lopes

Movimentar o corpo faz bem para a saúde física e psicológica. A prática de um esporte, desde criança, é recomendada pelos médicos. Mas nem todas as pessoas gostam desse tipo de atividade, e a caminhada é uma boa alternativa. O médico cardiologista adepto deste esporte, Antônio Carlos Bastolla, tem a preferência pelas caminhadas ao ar livre. Para ele caminhar é sinônimo de boa circulação e menor risco de problemas cardíacos. “O coração pode ser comparado a uma árvore que tem galhos mais grossos e mais finos. Com os exercícios físicos, o corpo e o coração vão se alimentando, através do oxigênio, e criando ramificações. Se um galho apresentar problemas, outro vai assumir sua função, ou seja, se uma veia obstruir, outra assumirá o papel de realizar a circulação do sangue”, exemplifica Dr. Bastolla.

Para fazer bem ao coração, não é preciso ser atleta, pode ser praticada em uma esteira. A caminhada deve ser contínua. “Não adianta sair na rua parando para ver vitrines ou para atravessar a rua. Por isso prefiro caminhar em volta da Praça da Bandeira, onde não tem cruzamentos nem subidas. É um terreno plano”, destaca. O cardiologista completa dizendo que é necessário, no mínimo 30 minutos de caminhada todos os dias ou 5 vezes por semana interruptamente. Praticar um esporte é uma questão de saúde.

Estudos recentes concluíram que a água pode emagrecer!

Por Ivana Dalmás

Pesquisadores da Universidade Vanderbilt, de Washington, relataram que tomar água pode, além dos vários benefícios à saúde, emagrecer. Eles observaram que a água tomada sem aditivo tem efeitos fisiológicos inesperados, aumentando a atividade do sistema nervoso, que aumenta o estado de alerta, a pressão sanguínea e o gasto de energia, que promove a perda de peso a longo prazo.

De acordo com o estudo, quem bebe dois copos de água antes de cada refeição come menos e assim elimina mais quilos. Os cientistas dividiram dois grupos de homens e mulheres acima do peso com idade entre 55 e 75 anos. Metade deles foi orientada a seguir uma dieta de baixa caloria e beber água antes do café da manhã, almoço e jantar, e o restante adotou o mesmo regime, porém sem recorrer aos goles de água. O resultado foi uma diferença de 4,5 kg emtre os grupos. O primeiro perdeu em média 15,5 kg enquanto aqueles que não ingeriram o líquido perderam 11 kg, depois de 12 semanas.

Segundo a nutricionista de São Paulo, Danielle Fava, ao tomar água, a leptina e o PYY são liberados pelo estômago. Esses hormônios são envolvidos no controle da saciedade. Eles são responsáveis por enviar a mensagem de que estamos satisfeitos ao cérebro.

Depois de um ano, os cientistas checaram o que tinha acontecido com os participantes da investigação e o resultado foi surpreendente: aqueles que continuaram tomando água antes das refeições tinham emagrecido ainda mais, estando quase três quilos mais leves. Mas não de esqueça que a estratégia só faz efeito se meia hora antes de cada refeição o líquido for ingerido.

Por Mauren Sauer

Doação de sangue é o processo pelo qual um doador voluntário tem seu sangue coletado para armazenamento em um banco de sangue ou para um uso subsequente em uma transfusão de sangue. Trata-se de um processo de fundamental importância para o funcionamento de um hospital ou centro de saúde.

Este serviço já oferecido no Hemocentro de Palmeira das Missões.De acordo com a legislação que rege todos os Hemocentros do país, a idade mínima para doadores é de 18 anos, a máxima é de 65 anos. Outro serviço prestado recentemente no Hemocentro Regional de Palmeira das Missões é o cadastro de doadores de medula óssea, já atingindo um grande número da população Palmeirense, sendo 520 pessoas já cadastradas.

Este trabalho teve inicio no dia 2 de setembro e vai abranger os 54 municípios da 15ª Coordenadoria Regional de Saúde, com sede na cidade e da 19ª CRS, localizada em Frederico Westphalen.

O material é encaminhado ao Hospital de Clinicas de Porto Alegre, onde são realizados os exames e o cadastramento no Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea (Redome). Oito cidades já foram visitadas pela equipe do Hemocentro, afirma o coordenador administrativo do Hemocentro de Palmeira das Missões Júlio Michel Batista. Ele explica que é feito um trabalho de conscientização após a coleta de amostras de sangue: “doar sangue é um gesto de solidariedade, e não dói, e salva muitas vidas”.

– em Cruz Alta, destacaram-se as ações da Unicruz –

Por Bruna Castro

No último domingo, 14, comemorou-se o Dia Mundial do Diabetes e para marcar a data, a SBD – Sociedade Brasileira de Diabetes organizou uma programação variada, que incluiu caminhada, oficinas e atendimentos gratuitos. Segundo o site G1, só no estado do Rio de Janeiro, 600 mil pessoas sofrem de diabetes. Muitas delas, entretanto, não sabem que têm a doença – que atinge crianças, jovens e adultos e se não for tratada corretamente pode levar à morte.

Foto: Divulgação/UNICRUZ - Acadêmicos em atividade com a população

A presidente da instituição falou ao site e comentou a importância de as pessoas fazerem exames, periodicamente, a fim de esclarecer a situação da taxa de glicose no sangue. Em Cruz Alta, alunos dos cursos de Fisioterapia e de Enfermagem da universidade local participaram durante toda a sexta-feira, 12, de uma atividade na Praça da Prefeitura do município, em virtude da passagem da Semana do Diabético.

O evento, que realizou mais de 600 atendimentos, ofereceu ações como avaliação da sensibilidade do pé, por meio de um tapete de texturas – esta coordenada pelos acadêmicos de Fisioterapia. Já os de Enfermagem realizaram exames citopatológicos, clínicos de mama, orientação do auto-exame da mama e análise dos sinais vitais. Os trabalhos foram coordenados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Por Mauricio Rebellato

“Comigo não acontece” ou “Eu sou homem, e não preciso dessas coisas”. Essas e outras frases famosas são pronunciadas muitas vezes pelos homens quando questionados sobre a saúde e exames preventivos. Mas a prevenção, muito além de um tabu é questão de saúde pública.

Dia 27 de novembro é o Dia Nacional de Combate ao câncer e assim a editoria de saúde de hoje é voltada à prevenção da saúde masculina.

Luiz Alende, médico geriatra explica que no geral os homens adiam a prevenção e as consultas ao médico.  Atingindo 49.000 casos no país em 2008, o Câncer de Próstata, por exemplo, demonstra um significativo crescimento em número de ocorrência e as consultas preventivas seriam uma forma de diminuir o índice.

Confira explicação sobre este câncer, de acordo com o médico Luiz Alende:

A próstata é uma glândula masculina que se localiza entre a bexiga e o reto. Essa glândula participa da produção do sêmen, líquido que carrega os espermatozóides produzidos nos testículos. Ela envolve a uretra e seu tamanho normal é de uma noz. Essa glândula é composta por vários tipos de células, mas o câncer mais conhecido como câncer de próstata é aquele do tipo adenocarcinoma.

Não se sabe qual o mecanismo que leva as células glandulares da próstata a sofrerem uma malignização e, apesar de se ter lesões precoces reconhecíveis, como a neoplasia intracelular de próstata, lesões benignas precursoras não são comumente identificáveis.

Os exames realizados para se detectar, precocemente ou não, esse tipo de câncer, são:
*o toque retal

*o exame de ultra-sonografia transretal;

*o exame de PSA (antígeno prostático-específico).

Todos os homens com idade acima de 45 anos devem procurar um médico para fazer os exames necessários. Mesmo parecendo clichê, é importante lembrar: “A prevenção é o melhor remédio”.

 

Por Viviane Lara

Mal pode comprometer funcionamento de rins, coração, entre outros…

Quando se fala em pressão arterial, já se ouvem diversas opiniões a respeito, algumas, muitas vezes, infundadas. O fato é que todas as pessoas têm pressão arterial – que nada mais é que o resultado do bombeamento do sangue pelo coração. Ao sair pela artéria aorta, o sangue é espremido para ganhar foca e percorrer todo o corpo até as partes mais distantes do coração. Contudo, o que pode ocorrer é o desequilíbrio desse fluxo – o aumento ou a redução desordenada, chamados de pressão alta e baixa, respectivamente.
Grande parte das pessoas que sofrem desse mal não sabem disso, uma vez que o organismo acaba criando mecanismos para se adaptar ao alto ou ao baixo nível de bombeamento.
Não há uma causa específica para o aparecimento da pressão alta – a ocorrência mais grave – contudo é preciso voltar as atenções ao mal, uma vez que este pode funcionar como catalisador para outras doenças: silenciosamente, alguns órgãos vão sendo prejudicados de forma sistemática, devido à falta de diagnóstico preciso, como rins, coração, cérebro e olhos.
Para a família de Altiva Moraes, toda vez que a aposentada sente a manifestação da pressão alta, o dia se resume à correria e preocupação, uma vez que suas crises são muito repentinas. Ela conta que, desde criança, passa pelo problema, que, há algum tempo, se intensificou devido ao surgimento de uma osteoporose.

Por Daniela Lisboa

Estudos da atualidade têm mostrado que a inclusão de alimentos integrais na dieta pode, a médio e longo prazo, diminuir as chances de diabetes, obesidade e dislipidemias. Pesquisas ainda apontam que, comer diariamente produtos integrais como arroz, soja e farinha, diminui o risco de desenvolver doenças como câncer e problemas cardíacos.
De acordo com a nutricionista Larissa Rosa Lírio, os alimentos integrais são aqueles que não passaram pelo processo de beneficiamento ou refinamento, e dessa forma, ainda possuem as películas que envolvem os grãos. Essas películas são ricas em nutrientes como fibras, vitaminas e minerais. Por isso, alimentos como arroz, macarrão, biscoito e pão integral são considerados boas fontes de fibras alimentares, além de possuir melhores quantidades de vitaminas B, B2, B5, B6 e de minerais como o fósforo e ferro.

Alimentação saudável inclui na lista os integrais


“Outros benefícios em se aumentar o teor de fibras ingeridas são: melhor aproveitamento dos nutrientes, que estão diminuídos nos alimentos processados; melhor eficiência em programas para redução de peso, já que a fibra alimentar dá sensação de saciedade, reduzindo a fome e melhorando o resultado em programas de emagrecimento”, afirma a nutricionista.
A nutricionista lembra que uma alimentação saudável precisa conter todos os grupos de nutrientes: carboidratos, proteínas, lipídeos, vitaminas e minerais. Ao escolher os carboidratos, prefira as versões integrais, que são nutritivas e promovem ótimos benefícios à saúde.