Por Mauricio Rebellato

“Comigo não acontece” ou “Eu sou homem, e não preciso dessas coisas”. Essas e outras frases famosas são pronunciadas muitas vezes pelos homens quando questionados sobre a saúde e exames preventivos. Mas a prevenção, muito além de um tabu é questão de saúde pública.

Dia 27 de novembro é o Dia Nacional de Combate ao câncer e assim a editoria de saúde de hoje é voltada à prevenção da saúde masculina.

Luiz Alende, médico geriatra explica que no geral os homens adiam a prevenção e as consultas ao médico.  Atingindo 49.000 casos no país em 2008, o Câncer de Próstata, por exemplo, demonstra um significativo crescimento em número de ocorrência e as consultas preventivas seriam uma forma de diminuir o índice.

Confira explicação sobre este câncer, de acordo com o médico Luiz Alende:

A próstata é uma glândula masculina que se localiza entre a bexiga e o reto. Essa glândula participa da produção do sêmen, líquido que carrega os espermatozóides produzidos nos testículos. Ela envolve a uretra e seu tamanho normal é de uma noz. Essa glândula é composta por vários tipos de células, mas o câncer mais conhecido como câncer de próstata é aquele do tipo adenocarcinoma.

Não se sabe qual o mecanismo que leva as células glandulares da próstata a sofrerem uma malignização e, apesar de se ter lesões precoces reconhecíveis, como a neoplasia intracelular de próstata, lesões benignas precursoras não são comumente identificáveis.

Os exames realizados para se detectar, precocemente ou não, esse tipo de câncer, são:
*o toque retal

*o exame de ultra-sonografia transretal;

*o exame de PSA (antígeno prostático-específico).

Todos os homens com idade acima de 45 anos devem procurar um médico para fazer os exames necessários. Mesmo parecendo clichê, é importante lembrar: “A prevenção é o melhor remédio”.

 

Anúncios