Por Ivana Dalmás


Os hackers são conhecidos por elaborar e modificar software e hardware de computadores, desenvolvendo novas funcionalidades ou adaptando antigas. De forma legalizada os hackers utilizam conhecimento para melhorar softwares. Já os crackers são aqueles indivíduos que praticam ou quebram um sistema de segurança. A expressão verdadeira para os invasores de computadores é cracker que designa programadores maliciosos e ciberpiratas que agem com o intuito de violar ilegal ou imoralmente sistemas cibernéticos.
Eduardo Marques, coordenador do núcleo de tecnologia de informação da Unimed Costa Oeste ressalta que a segurança dos sistemas de informação tem importância vital para as organizações e que várias dessas organizações já utilizaram ou, utilizam, hackers para efetuar a segurança dos sistemas informáticos e de comunicação.
Nos últimos dias, o site oficial da campanha do ex candidato à presidência José Serra (PSDB), foi invadido no começo da noite das eleições ao segundo turno, dia 31 de outubro. No topo do site aparecia uma caricatura de Serra, assemelhando o candidato ao personagem Sr. Burns, do desenho “Os Simpsons” e logo após o desenho os crackers deixaram uma mensagem.

Segundo o americano Chris Rouland, diretor da X-Force, o Brasil tem milhares dos melhores hackers do mundo e que nenhum governo ou empresa está livre de ser atacada por um deles. Diz ainda que o fato de ter protocolos de internet em sequência torna a web brasileira muito vulnerável à ações dos invasores virtuais.

Anúncios